Campanhas natalinas não geram engajamento sozinhas

A cada fim de ano uma das datas mais celebradas é o Natal, mas, mesmo com todo o poder do endomarketing, campanhas natalinas não geram motivação e engajamento dos colaboradores se trabalhadas de forma independente. Apostar em mensagens e divulgações específicas, principalmente baseadas em datas comemorativas, não é o suficiente para chamar o colaborador para o jogo. Algumas delas devem sim fazer parte da pauta da equipe de comunicação, mas certamente não farão milagre.

O calendário das campanhas internas precisa ser bem estruturado, os assuntos a serem trabalhos precisam ser estrategicamente pensados para a pauta. Benefícios, notícias, qualidade de vida, informação exclusiva, de forma geral, precisa chegar ao colaborador. O conjunto faz a diferença, mas engajamento não é gerado com ações pontuais, é preciso manter a regularidade e a qualidade do conteúdo. Diante da velocidade com que a informação é transmitida nos dias de hoje e com a facilidade de acesso a conteúdos diversos, o colaborador é cada vez mais exigente e conquistá-lo não é tarefa fácil.

As mensagens elaboradas a partir de datas festivas são interessantes para mostrar ao corpo funcional a importância que a empresa dá aos momentos que marcam o ano de todos e para aproximar os colaboradores da marca, o que contribui, de certa forma, para gerar engajamento. Além disso, pode ser importante também para simplesmente marcar as datas, já que, dependendo do segmento de atuação, a organização tem relação direta com a comemoração, como é o caso das empresas do comércio em época de Natal. Os colaboradores precisam se atentar ao período e estar comprometidos com o trabalho durante os dias que antecedem 24 e 25 de dezembro.

Portanto, manter as mensagens marcadas por datas é, quase sempre, uma decisão acertada, o equívoco está em pensar que estas divulgações vão, sozinhas, motivar o colaborador. Manter um plano de comunicação robusto e bem desenvolvido, com temas bem articulados e canais eficientes é extremamente mais importante que simplesmente desejar um “Feliz Natal”.

Gabriel Rocha

Um comentário sobre “Campanhas natalinas não geram engajamento sozinhas

Gostou do texto? Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s