Atendimento: qualidade ou rapidez para os clientes internos?

Entre as tantas funções reunidas sob o escopo de uma equipe de comunicação corporativa, está o atendimento. Parte da rotina diária de qualquer profissional de comunicação interna – e do assessor de imprensa, inclusive -, é uma das principais atividades do jornalista de empresa, já que é o momento em que são ouvidas as necessidades das áreas e discutidas possíveis abordagens para solucionar problemas ou atender a objetivos da organização. Mas o que deve ser prioridade nas reuniões de atendimento?

No dia a dia cada vez mais agitado das empresas, em que eficiência e produtividade já não são mais diferenciais competitivos, sem dúvida alguma rapidez é um dos atributos mais exigidos, seja pelos próprios gestores da organização,  por fornecedores, parceiros e, principalmente, por clientes. No caso dos profissionais de comunicação interna, por exemplo, agilidade precisa estar fazer parte do DNA. Equipes de comunicação corporativa precisam, naturalmente, ser ágeis e constantemente proativas, a dinâmica do trabalho exige essa postura e é preciso que os jornalistas de empresa se adaptem a esse cenário.

Mas não há, então, a necessidade de se preocupar com qualidade? Muito pelo contrário. A qualidade é, muitas vezes, o que diferencia um produto ou serviço e na comunicação interna não é diferente. O profissional que preza pela qualidade se destaca, inevitavelmente, pelo próprio resultado do trabalho e pela preocupação em fazer o melhor pela empresa. Qualidade é um dos pilares da cadeia produtiva que mais agrega valor e, para isso, precisa ser buscada desde o início, desde o atendimento.

Deve estar, agora, se perguntando se deve priorizar a rapidez ou a qualidade. A resposta é simples: priorize os dois, entregue seu serviço ou produto com rapidez e qualidade, não importa o cliente, seja ele interno ou do mercado.  Somar o que há de bom é oferecer ao cliente uma experiência ainda melhor, que atenda às necessidades e gere valor. Deixo uma reflexão importante: essa soma tem sido frequente no mercado, o que você pode fazer para se diferenciar dos concorrentes?

Gabriel Rocha

3 comentários sobre “Atendimento: qualidade ou rapidez para os clientes internos?

Gostou do texto? Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s