Os quatro principais passos para redigir um bom texto

O audiovisual é um formato que se torna cada vez mais uma tendência para a transmissão de conteúdo, mas poucos sabem que, por trás de toda a produção, há texto. Têm se tornado costume a troca de mensagens curtas e a produção de conteúdo mais direto, mas quem garante que não há perda de detalhes e que a informação não está sendo trabalhada de forma superficial? Ainda é preciso aprender a escrever e se dedicar para ter um bom texto? Sem dúvida, principalmente se você for um jornalista, seja de empresa ou de redação.

O primeiro passo para se chegar a um bom texto é definir o tema ou a pauta que será trabalhada.  É fundamental que o redator esteja ciente quanto ao objetivo da produção e engajado para discorrer sobre o assunto. Esse é um ponto de partida fundamental e pode interferir em tudo o que for produzido, desde a primeira tecla digitada.

A partir daí, cabe ao jornalista – ou a qualquer redator – definir o conteúdo e a estrutura do texto. Uma das características mais importantes do produtor de conteúdo é a capacidade de construir mentalmente a narrativa antes de iniciar o trabalho. De nada adianta ter apenas conhecimento do tema e até mesmo domínio técnico, é imprescindível que haja clareza sobre o formato e a sequência com que serão apresentadas as informações ao leitor.

O terceiro passo é, de fato, redigir o texto. Pode parecer simples, mas na prática pode ser bastante complexo. É hora de colocar tudo no papel e, para isso, concentração e conteúdo precisam estar alinhados. Lembre-se sempre do objetivo do produto final e de todos os principais pontos e detalhes que precisam ser inseridos na narrativa.

Depois de concluído o texto, é a vez de editar o material, etapa obrigatória em qualquer processo produtivo relacionado a conteúdo, não só na redação. Antes de publicar a reportagem ou de entregar a versão final do material em questão, não se esqueça de avaliar criticamente o conteúdo, editar o texto e corrigir possíveis falhas de digitação e desvios ortográficos e gramaticais. Errar é humano, mas até a edição.

Agora que o texto já está escrito e editado, está pronto para ser publicado. É bastante comum que profissionais que trabalham diariamente com redação de texto desenvolvam alguns vícios de linguagem ou deixem passar algum detalhe, por conta da própria frequência com que escrevem. Por isso, é interessante pedir a opinião de um colega ou de seu superior antes de bater o martelo. Não se esqueça de revisar tudo.

Gabriel Rocha

6 comentários sobre “Os quatro principais passos para redigir um bom texto

Gostou do texto? Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s