Até que ponto é válida a exposição da marca no carnaval?

Diversas datas festivas ou temáticas são reconhecidas nacionalmente, mas poucas chamam tanta atenção quanto o carnaval. É o maior feriado do ano, é um momento alegre e repleto de festividades, tem o papel social de ajudar a mostrar de onde vem boa parte da cultura brasileira e, ainda por cima, é mantido como um dos momentos mais tradicionais do ano há gerações. Será que vale a pena, então, relacionar, mesmo que de forma indireta, sua marca a esse evento tão marcante, que desperta a atenção e mobiliza tanta gente? A resposta é: pode ser que sim, pode ser que não.

Não me resta dúvida de que é um momento de extrema exposição para as marcas, não só nas ruas, nos blocos e em eventos fechados, mas também na imprensa, que costuma preparar coberturas completas nas principais cidades – seja em canais maiores ou regionais -, e nas redes sociais, afinal, durante os dias de folia, tudo é carnaval. É aí que as equipes de comunicação – principalmente publicitários e profissionais de marketing – aproveitam a “deixa” para criar. Na maioria dos casos, funciona muito bem, mas há campanhas ou associações do nome a determinados elementos que podem não ter o resultado esperado. Mais uma vez fica a pergunta: aproveitar ou não a oportunidade? Mantenho meu posicionamento de que “depende”.

São muitos fatores em jogo, não se trata apenas de decidir se uma logo vai ou não aparecer em uma camisa, como patrocínio, em um comercial de TV ou em uma peça criada para redes sociais. É a reputação da organização que está em jogo. E com imagem não se brinca. Pode levar anos e anos até que uma empresa supere uma crise e retome seu patamar econômico, de credibilidade, de operação etc.

A recomendação é estudar cuidadosamente a situação da empresa em questão, considerando veículos possíveis, mensagem, público e engajamento, investimento, credibilidade, retorno financeiro possível, motivação e objetivo e, principalmente, necessidade. Nem sempre é válido explorar todas as possibilidades a todo momento, o tiro pode acabar saindo pela culatra.

Não consegue tomar a decisão e precisa de ajuda? Procure um profissional de comunicação.

Gabriel Rocha

 

Um comentário sobre “Até que ponto é válida a exposição da marca no carnaval?

Gostou do texto? Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s