Entenda por que podcasts estão em alta

Tradicional em casa, nos carros e até em estádios de futebol, o rádio sobrevive há décadas como canal de notícias e comunicação em massa. Mas em uma era tomada pela tecnologia, em que o ambiente web se destaca cada vez mais pela rapidez e pelo dinamismo na transmissão de informações, nasce um primo do rádio: o podcast. O formato em áudio, que desperta a criatividade do ouvinte com a riqueza de detalhes oferecidas pelos emissores, permite, por exemplo, que o produto seja consumido ao mesmo tempo em que outra atividade é executada. Seria o podcast o novo companheiro de muita gente?

Apesar da semelhança estabelecida por meio das ondas sonoras, a forma como são produzidos os materiais muda muito. Com abordagens mais informais, na maioria das vezes, o podcast pode ser gravado ao vivo, durante um bate-papo ou uma entrevista, por exemplo, sem falar que pode ser pode ser exportado até mesmo de um vídeo do YouTube e, a partir daí, aproveitado em outras plataformas. A periodicidade e o tempo de duração de cada faixa de áudio variam, assim como acontecia no rádio, de acordo com o emissor, com o objetivo do canal etc., o que faz com que seja mantido o amplo leque de possibilidades.

O podcast surge, também, como mais uma ferramenta para ações de marketing de conteúdo. O formato em áudio deixa de ser exclusivamente de um produto informativo, como os noticiários de rádio, e passa a servir, também, como material para prospecção de clientes. Publicar conteúdo é um dos principais pilares do marketing digital e funciona super bem, principalmente se vinculado a estratégias de funil de vendas e a técnicas de SEO (Search Engine Optimization).

O formato é bastante impulsionado por aplicativos mobile, solução já estabelecida no universo digital, e pelo desenvolvimento constante das redes sociais, com destaque para personalização e interatividade. Além disso, é bastante prático consumir o conteúdo disponibilizado em formato de podcast, afinal, é possível adquirir informações durante deslocamentos – metrô, ônibus, aeroportos etc. -, momentos de descanso e relaxamento e até mesmo enquanto pratica atividades físicas, já pensou nisso? Esteira e bicicleta, por exemplo, têm tudo a ver com podcast.

O processo de produção também é um fator que contribui para o sucesso do formato, não é tão complexo como o de audiovisual, basta um notebook com programa de edição de áudio, um microfone – ou telefone, em caso de conversa remota – e uma placa de som razoável para se produzir um programa em podcast. Vantajoso para a equipe como um todo, pensando em volume de produção.

O podcast está aí. Já usado por muitos, repleto de oportunidades e contribuições para os mais diversos tipos de negócio, simples, rápido, dinâmico e facilmente adaptado a diferentes realidades, independentemente de público, orçamento, prazo ou recursos técnicos e mão de obra. E aí, vai começar a produzir?

Gabriel Rocha

3 comentários sobre “Entenda por que podcasts estão em alta

Gostou do texto? Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s