Segregue os envios para seu mailing de imprensa

Com o aumento da oferta e, principalmente, do acesso à informação, o consumidor – ou o cliente –  passou a ser mas exigente ao escolher qualquer tipo de produto ou serviço. O mesmo movimento acontece na imprensa e, apesar da agilidade proporcionada por ferramentas on-line,  a seleção dos conteúdos está cada vez mais criteriosa, inclusive, por conta das fake news. Segmente seu mailing, destine as mensagens corretas aos jornalistas certos, no momento mais oportuno. Não que seja uma prática inovadora em assessoria de imprensa, mas já refletiu de verdade sobre isso e começou a usar a estratégia? Então está na hora.

Primeiramente, é importante definir o conceito para quem não é familiarizado com o termo. Mailing nada mais é que um banco de dados, uma lista de contatos com informações importantes sobre os destinatários, como nome, e-mail, telefone, endereço, idade, veículo jornalístico, editoria e o que mais for necessário para o determinado objetivo. No marketing digital, por exemplo, é bastante comum o uso do recurso para vendas on-line, as famosas “listas de e-mail“.

A segmentação do mailing pode ser feita de diferentes formas, para que o envio seja pensado de acordo com a natureza da pauta: área de cobertura do veículo, editoria, negócio e função – pauteiro, produtor, repórter, editor etc. – são alguns exemplos. Imagine só que um repórter especializado na editoria de esportes receba um release sobre política: não faz muito sentido, certo? Além de expor a empresa a uma possível interpretação de falta de profissionalismo, o e-mail será só mais um enchendo a caixa de entrada do repórter. Quanto mais específico for o envio, melhor; afinal, é interessante para o assessor de imprensa ter, à frente da pauta, um repórter que conheça do assunto.

O processo de atualização precisa ser fluido e rotineiro, não pode tomar muito tempo do jornalista de empresa, mas precisa ser feito. Vale o contato periódico com as redações para manter funções, regiões de atuação e editorias atualizadas, afinal, quando surge uma boa pauta, o envio precisa ser rápido e certeiro. Quanto mais direcionada for a mensagem, mais altas são as chances de emplacar uma matéria na mídia.

Há, atualmente, no mercado, sistemas e ferramentas que viabilizam a segmentação do mailing de forma simples e otimizada, com opções, inclusive, de criação de landing pages para cadastro de e-mails e informações. Os dados são inseridos, imediatamente, no mailing, eliminando a necessidade de input manual. Conhece alguma plataforma desse tipo? Procure um profissional de comunicação corporativa e descubra o que pode ser usado de mais moderno no trabalho de assessoria de imprensa.

Gabriel Rocha

Um comentário sobre “Segregue os envios para seu mailing de imprensa

Gostou do texto? Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s