Quatro motivos para apostar na comunicação interna em situações de crise

É muito pouco provável que uma empresa nunca tenha passado por uma crise. Oscilações do mercado, interferências externas, greve, alterações em escopo ou no mix de produtos/serviços oferecidos, desastres ambientais, mudanças políticas em órgãos reguladores ou nos próprios poderes executivo, legislativo e judiciário etc. São inúmeras as possibilidades e, para superar os momentos difíceis, os gestores precisam elaborar estratégias que mantenham a saúde da organização. A comunicação interna pode ajudar e muito nisso, sabia?

Primeiramente, é um momento crítico pelo qual passa a empresa e o alinhamento de todo o time se faz ainda mais necessário, é preciso que os colaboradores compreendam o contexto. Todos precisam estar na mesma página, é importante informar sobre a situação, de forma geral, e sobre as movimentações e diretrizes adotadas. A partir daí, o trabalho flui melhor, de maneira mais natural e coerente entre todos os colaboradores, o que leva, consequentemente, a um aumento de produtividade, o que costuma ser fundamental em momentos de crise. Manter a empresa em pleno funcionamento nesses casos não é fácil.

É um momento em que também há grande necessidade de atualização, por isso a comunicação precisa ter, além de qualidade, consistência. O status da situação e os últimos acontecimentos precisam ser repassados aos colaboradores; quanto mais informação, melhor, na maioria das vezes. Manter uma comunicação frequente e eficaz com os colaboradores evita desinformação.

Por falar nisso, um trabalho consistente de comunicação interna evita, inclusive, propagação de boatos e especulações das mais variadas possíveis. Os jornalistas de empresa estão acostumados a apurar e checar informações, compõem a área da organização responsável pela transmissão das mensagens corporativas e, por isso, são os mais indicados para atuar no momento. Desde o início de suas carreiras, jornalistas aprendem a encarar de maneira diferente as informações, a analisar criticamente um número, a questionar um indicador ou um resultado, por isso podem fazer a diferença nas empresas ao produzir conteúdo.

As campanhas de endomarketing também podem ser bastante úteis, pois ajudam a valorizar atributos e aspectos positivos da organização, o que pode contribuir para uma melhoria de clima no trabalho. Além disso, a equipe de comunicação interna pode ser acionada, também, para elaborar estratégias de comunicação para transmissão de notícias negativas, que, em momentos de crise, são bastante prováveis.

Sua empresa está passando por uma crise? Aposte na comunicação interna. Confie no trabalho da equipe, consulte os profissionais, peça opiniões e elabore estratégias em parceria com aqueles que conhecem os perfis do público que receberá as mensagens. Sua empresa não possui uma área estruturada de comunicação corporativa? Entre em contato.

Gabriel Rocha

Um comentário sobre “Quatro motivos para apostar na comunicação interna em situações de crise

Gostou do texto? Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s