Como fazer boas fotos com o celular?

Como fazer boas fotos com o celularFoi-se o tempo em que registrar momentos com câmeras fotográficas era privilégio de poucos. Nos dias de hoje, além de ter sido ampliado o acesso a esses equipamentos, praticamente todo mundo tem uma câmera no próprio bolso, embutida nos smartphones. Com as redes sociais em crescimento exponencial, fotografar se tornou uma prática ainda mais popular: vai dizer que nunca fez uma selfie?

Nas empresas, as fotos podem ajudar a documentar e relatar diversas ações, projetos, eventos em geral etc., principalmente na era da colaboração e da integração de canais digitais de comunicação. Os colaboradores se tornaram “prossumidores”, ou seja, são produtores e consumidores de conteúdo ao mesmo tempo. Mas será que todos sabem como fazer bons registros? Confira algumas dicas para deixar seus cliques cada vez mais profissionais.

A primeira providência a ser tomada é configurar a resolução que está sendo usada para registro da foto. Acesse o menu do seu aparelho, encontre o ícone de configurações e, em seguida, procure os ajustes da câmera.

A resolução vai determinar a “qualidade” da fotografia, popularmente falando, já que é por meio dela que é indicada o nível de detalhe que uma imagem comporta. Quanto maior a resolução, ou seja, quanto maior o número de pixels por polegada, maior o nível de detalhamento, simples assim.

Fotos legais com celularFique tranquilo, os smartphones possuem, hoje, excelentes configurações de resolução para uso amador e, em alguns casos, até profissional. Se for produzir uma fotografia para uso em material impresso, como jornal, revista, flyer, banner etc., é recomendado o uso de câmeras profissionais, justamente por terem resolução superior e permitirem que as fotos sejam salvas em formatos que possibilitam uso de mais recursos na pós-edição (RAW).

Estabilidade e clareza

Tenha atenção ao foco, ele costuma ser automático e, se não estiver atento, o aparelho pode deixar o foco em uma região secundária da tela, comprometendo a informação principal, ou seja, o “objeto” a ser registrado na foto. A forma mais usada para ajuste de foco, disponível em praticamente todos os modelos de celular, é por meio de toque na tela, exatamente na área que deseja evidenciar.

Depois de ajustado o foco, mais uma dica para você: procure usar as duas mãos para fazer o registro. Apesar das câmeras dos smartphones possuírem estabilizadores, quanto menor a movimentação no momento do clique, melhor.

Luz é tudo

Fotografia é uma palavra derivada do grego, formada pela junção de “luz” e “grafia” (fós + grafis). Seu significado, “desenhar com luz e contraste”, revela a importância da iluminação para que seja produzida a foto. Não há fotografia sem luz. Opte sempre por ambientes com boa iluminação: luz natural é, na maioria das vezes, a melhor escolha, a menos que haja um objetivo específico que demande uso de recursos ou de soluções diferenciadas de iluminação para proporcionar efeitos especiais.

Evite, ao máximo, usar o flash. A princípio pode até parecer uma boa solução para ambientes com pouca luz, mas pode prejudicar – e muito – as cores da imagem, por exemplo. O flash do celular costuma ser fraco e não causa o efeito desejado, pode deixar suas fotos com aspecto amador. Caso não tenha em mãos equipamentos adequados ou fontes extras de luz, procure outro ambiente para fazer o registro. É a melhor saída.

O segredo está no olhar

É super importante se atentar à disposição dos elementos e ao enquadramento. Há técnicas que permitem destacar determinadas regiões da imagem ou objetos que a compõem. Usados há anos por fotógrafos no mundo todo, a “Regra dos Terços” e o “Rácio de Fibonacci” podem ser duas opções para guiar suas fotos quando estiver por trás das lentes.

Nem todo smartphone possui zoom manual – e realmente não é mesmo comum -, por isso, deixe de lado o zoom, a opção digital não costuma funcionar bem. Em vez de proporcionar aproximação, o zoom automático aumenta e distorce a imagem, muito cuidado ao usá-lo. Não é recomendado.

“De lado”

Produza sempre suas fotos com o celular na posição horizontal. Por mais que já seja bastante comum fotografar e exibir fotos na posição vertical – principalmente por influência de apps como o Instagram, a posição horizontal permite mais possibilidades de enquadramento e ainda facilita o registro de elementos que estejam compondo o cenário. Além disso, é um formato mais adequado para exibição das fotos em notebooks, monitores de PC, televisão etc., equipamentos que possuem telas na posição horizontal.

Dispare os cliques

Tenha sempre em mente que não há mais motivo para poupar cliques, afinal, quem mais precisa de filme fotográfico? É claro que ainda há fotógrafos entusiastas da fotografia analógica, no entanto, o foco aqui é o smartphone. Tire mais de uma foto, o trabalho posterior de seleção é simples e não toma muito tempo. Ter mais de um registro de uma mesma cena assegura que o momento não seja perdido.

Aproveite a possibilidade de produzir diversas fotos e fique atento ao cenário, observe bem se não há elementos comprometendo a imagem, mesmo que seja em planos secundários. Preocupe-se não só com o objeto principal, mas com tudo que está sendo captado pela lente.

Recursos especiais

Quando possível, use equipamentos acessórios, eles costumam ajudar. Tripés e outros suportes, por exemplo, podem ajudar a garantir a estabilidade; diferentes tipos de lentes que podem ser acopladas ao celular podem ampliar as possibilidades de enquadramento, foco, exposição etc. Experimente “brincar” com esses recursos e testar as novas possibilidades, os resultados podem ser impressionantes.

Fotos boas com smartphoneFotografia é treino. Releia as dicas e passe a aplicá-las no dia a dia, certamente vão te permitir fazer registros fotográficos cada vez melhores. Caso queira entender mais sobre o assunto e se especializar nos cliques, há uma infinidade de materiais disponíveis na internet. Se surgir alguma dúvida, entre em contato.

Ah, lembre-se de conservar a câmera que há em seu smartphone, afinal, ela é fundamental para que você aplique as dicas acima em seu treinamento. Mantenha a lente protegida com película e evite limpá-la com a mão, com a camisa ou com produtos e materiais inapropriados, que possam danificar o equipamento. Bons cliques, diga “xis”.

Gabriel Rocha

Gostou do texto? Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s