Como garantir qualidade em uma gravação em estúdio

Como preparar um estúdio para gravaçãoEntrevistas em estúdio são bastante comuns também no universo da comunicação corporativa, não acontecem apenas no jornalismo tradicional, como é visto na TV ou na internet, por exemplo. No entanto, por se tratar de uma produção feita por colaboradores de uma mesma empresa, o profissional de comunicação interna pode conduzir a entrevista com um pouco mais de tranquilidade – mas não muita, por conta da rotina intensa -, agendando horário. Com isso, há, portanto, mais tempo para a gravação, o que pode resultar em um produto mais sofisticado.

Os desafios são basicamente os mesmos, no entanto, o jornalista de empresa pode vencer alguns deles apostando na preparação e no alinhamento prévio com a fonte. Quer algumas dicas para garantir a qualidade da produção audiovisual em sua empresa? Então esse texto é para você.

Prepare o ambiente

Como garantir qualidade da produção audiovisualSeja o primeiro a chegar ao estúdio de gravação, esteja lá antes do horário combinado com a fonte. Se o local for alugado, reserve o espaço por um período de pelo menos uma hora de antecedência do início da entrevista, para garantir, por exemplo, boa captação de áudio e boa iluminação. Faça testes, procure melhores opções e tenha sempre em mente um plano B considerando os recursos disponíveis no local. Ligue o ar condicionado para manter o local fresco e em boas condições de temperatura.

Antes de alugar o estúdio, certifique-se de que todos os equipamentos necessários estarão disponíveis no momento da gravação. Se for possível, faça uma visita dias antes da data da entrevista.

Roteiro em mãos

Tenha sempre o roteiro em mãos para conduzir a gravação e ter a certeza de que todos os tópicos da pauta sejam contemplados. Essa prática pode eliminar a necessidade de uma possível nova reserva para complementar o conteúdo, o que geraria custo para a organização.

Uma boa dica aqui é validar previamente o roteiro com o entrevistado e seu gestor. Esse alinhamento garante precisão e proporciona agilidade à produção.

Tranquilize a fonte

Procure deixar o entrevistado à vontade, confortável para gravar. Explique como funciona o processo, quais os pontos de atenção precisam ser levados em consideração, oriente quanto a posicionamento, gestos e trajes e deixe bem claro o objetivo do produto.

Esse alinhamento pode ser feito previamente para poupar tempo de locação do espaço e, principalmente, para deixar o entrevistado ciente do que será feito no estúdio, um espaço que pode ser pouco comum, sem falar no desconforto que pode ser causado pela presença das câmeras.

Direção de conteúdo

Dirija o entrevistado, tendo sempre em mente as principais informações a serem transmitidas. Esse é o ponto mais importante sob o ponto de vista estratégico da comunicação interna. Uma boa direção de conteúdo é imprescindível para que o objetivo de disseminação das mensagens seja cumprido.

Por trabalhar diretamente com informações sensíveis, sigilosas e diversas, o jornalista de empresa possui visão ampla sobre o negócio e pode identificar conteúdo delicado durante a entrevista. Nesse caso, precisa intervir e orientar a fonte.

Produza bastante material

Edição de conteúdo audiovisualAproveite o momento, pode ser que não haja uma segunda oportunidade para produzir o conteúdo. Ajude o editor, garanta material suficiente para a edição, afinal, refazer toda a gravação gera retrabalho e prejudica o desempenho da equipe.

Produza imagens de cobertura, takes repetidos sobre o mesmo conteúdo para possível substituição em caso de falha técnica ou “tropeço” do entrevistado e tenha sempre material com diferentes opções de enquadramento. Não se esqueça de checar o áudio e “bater a claquete”, principalmente se estiver usando mais de uma câmera.

Por fim, uma última recomendação: é possível produzir um excelente material seguindo as dicas acima, mas lembre-se de planejar bem as saídas, conciliando os compromissos da equipe e respeitando o calendário de pautas.

Agora é com você, mão na massa. Entre em contato se precisar de alguma ajuda específica ou quiser tirar dúvidas. No mais: um, dois, três… REC.

Gabriel Rocha

Gostou do texto? Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s