Conheça os prejuízos decorrentes da departamentalização

Prejuízos da departamentalização nas empresas

É um tanto quanto comum que alguns gestores acreditem nos benefícios de criar identidade para a própria área, fomentar o sentimento de pertencimento na equipe e valorizar ações e iniciativas com brindes personalizados. No entanto, a longo prazo o efeito não é positivo sob o ponto de vista da organização como um todo.

As departamentalizações, a princípio, podem parecer uma solução, mas, quando estabelecidas, podem prejudicar até mesmo o clima organizacional.

Atendimento

Pra começo de conversa, o fortalecimento de áreas em detrimento da empresa é ruim sob a ótica de direcionamento do atendimento, já que são feitos diversos tipos de pedidos e solicitações à equipe de comunicação interna e o tratamento precisa ser padronizado, igual para todos.

É ruim atender a uma área com um produto específico, com determinada qualidade, enquanto outra área é beneficiada de outra forma. Naturalmente, cada demanda exige uma abordagem, que pode exigir variação de formato ou canal, por exemplo, no entanto, é importante que se mantenha o padrão, para que todas as áreas sejam beneficiadas.

estratégia

O tratamento diferenciado pode resultar, ainda, em variações ou desdobramentos das mensagens estratégicas da empresa, o que pode gerar conflito entre os conteúdos produzidos. É claro que é responsabilidade do jornalista de empresa certificar-se de que todos os produtos sejam coerentes, mas a diversidade abre brechas para diferentes interpretações.

Trabalhar um mesmo conteúdo estratégico em diferentes formatos, períodos e canais pode sim prejudicar a interpretação das informações, o que desencadeia, naturalmente, percepções equivocadas e indesejadas. A melhor saída é buscar a padronização e ouvir as recomendações dos profissionais de comunicação interna, especialistas no assunto.

Desigualdade

Por que a departamentalização é prejudicial para as empresas?Já imaginou se uma área recebe um tratamento por meio de algum produto específico e outra não? Isso pode ser prejudicial para o próprio relacionamento entre as equipes e até mesmo interferir na percepção sobre os serviços prestados pela equipe de comunicação interna.

Volto a reforçar que determinados assuntos ou temas exigem abordagens específicas, no entanto, tudo precisa ser avaliado com cautela e imparcialidade. Privilegiar uma equipe em detrimento de outra pelo simples fato de oferecer recursos ou canais de forma diferenciada vai gerar, inevitavelmente, comparações negativas.

Engajamento e clima

Por fim, mas não menos importante – muito pelo contrário -, é preciso considerar o sentimento de pertencimento dos colaboradores perante a empresa. Gerar engajamento é algo bastante complexo, manter colaboradores motivados e um clima organizacional positivo é trabalhoso e demanda tempo.

A departamentalização pode fazer com que os profissionais da empresa priorizem a própria área em detrimento da organização, o que é extremamente negativo e pode ser um caminho sem volta. Logomarcas e identidades visuais próprias para áreas específicas e objetos personalizados, por exemplo, são perigosos. Fica o aviso: o “tiro pode sair pela culatra”.

Precisa de ajuda para mobilizar os colaboradores de sua empresa de forma corporativa e aumentar o engajamento das equipes como um todo?

Gabriel Rocha

Gostou do texto? Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s