Ei, estou falando com vocês

Pouco importa a migração de canais de comunicação para ambiente digital, até os mais experts das estratégias de marketing digital, por exemplo, ainda fazem uso de eventos presenciais como ferramenta de venda. Não que seja um formato adequado apenas para venda e prospecção de clientes, muito pelo contrário. No entanto, para poder usufruir de todos os benefícios que um evento presencial pode oferecer, é preciso estar preparado para se apresentar em público, ao vivo e sem cortes.

O primeiro passo, que considero o mais básico, é a elaboração de um roteiro. Pessoas estão dedicando tempo – nosso bem mais valioso – e, em muitas das vezes, pagando pelo conteúdo, portanto não deixe a desejar, valorize a atenção de sua audiência. Prepare-se, saiba o que vai dizer, em que momento vai dizer e, principalmente, como vai conduzir a dinâmica da palestra com sua plateia. Sim, os espectadores querem e devem participar. Consiga engajamento e dificilmente será esquecido.

Ainda parte do preparo, mas não diretamente ligados ao conteúdo, estão postura, entonação de voz e presença de palco. Ensaie, peça opiniões e sugestões de profissionais especializados ou até de colegas e familiares, seja autocrítico e avalie como estará sua postura diante do público e se sua entonação de voz estará adequada, um dos principais segredos para a retenção da audiência presencialmente. Faça-se presente, mostre que está à vontade, ocupe todo o espaço disponível, faça com que seus ouvintes tenham a percepção de que você agrega valor às suas vidas.

Somado a estes fatores, há também um preparo um tanto quanto mais técnico, que geralmente leva um certo tempo. Mais para uns, menos para outros. O dom da retórica é um diferencial justamente por não ser algo fácil de ser adquirido. Saber como apresentar ideias e ter capacidade de persuasão elevada, tendo como base as próprias palavras, é algo complexo, mas extremamente valorizado. Ser um bom orador é o que todos querem ser, mas ter boa retórica é o  que te fará único em meio a todos.

Quem acompanha o blog sabe bem como aposto no conteúdo como principal atributo de uma estratégia de retenção de audiência Os mesmos princípios usados em textos, em audiovisual e até mesmo com a imprensa valem para palestras, workshops e simpósios. É preciso adaptar os conceitos aos formatos, mas convenhamos: nada pior que precisar chamar a atenção com um “Ei, estou falando com vocês”.

Gabriel Rocha

2 comentários sobre “Ei, estou falando com vocês

Gostou do texto? Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s